Fiz esta pergunta no final do último vídeo que lancei no meu canal de YouTube. Fi-la de uma forma muito consciente, porque um dia me coloquei esta mesma questão: Como é que quero estar daqui a um ano?

Gostava que todos os que me lêem se fizessem esta pergunta também, porque quem não tem ambição, fica estagnado, nunca muda, se mudar for um desejo, jamais evolui. Como é que quero estar daqui a um ano? é uma pergunta muito importante.

Quero estar no mesmo emprego ou quero estar noutro? Quero estar na mesma relação ou quero estar noutra (ou sozinho)? Quero estar mais magra ou mais musculada? Quero ser menos ansiosa ou estar sempre à beira de um ataque de nervos?

Todos nós passamos por dúvidas destas todos os dias, a grande cena é o esforço que fazemos para lhes encontrar respostas válidas. Melhor: o essencial é como passamos a organizar a nossa vida, se aquilo que passamos a querer é diferente do que temos.

Eu sempre quis estar menos gorda, desde há muitos anos. Continuo a querer. Não que queira estar mais magra do que estou agora, mas antes porque entendo este trabalho como uma continuação de vida, não pelo corpo em si, mas pelo cuidado que passei a ter comigo. Vou continuar isto.

Se é perder peso que queres, sim, tu que me lês, porque este blogue também é sobre emagrecimento, coloca esta questão a ti próprio: como é que eu quero estar daqui a um ano? E depois de saberes a resposta, traça um plano e começa a cumpri-lo.

Pede ajuda. Informa-te. Estuda. Investiga. Evita os atalhos. Sê persistente. Resiliente. Faz o melhor por ti, a partir desse segundo, todos os momentos que puderes. Ama-te mais e permite-te mais. Coisas boas acontecem a quem é atento a si e às oportunidades. E a quem faz por isso.

4 Comments on Como é que queres estar daqui a um ano?

  1. Daqui a um ano quero estar mais magra, mais saudável e mais feliz! Daqui a um ano quero continuar este caminho que iniciei no dia em que o meu filho fez 16 anos. O caminho para me sentir bem; o caminho que me levará a estar mais magra, a sentir-me com mais enérgico. O caminho que me fará vestir a roupa que entope as gavetas lá de casa e que não me serve! Daqui a um ano quero que os meus filhos digam que a Mãe começou e não desistiu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *