Estou assim, seja lá como for, porque aprendi a dar ao meu corpo o que ele precisa, no que a alimentação e treino diz respeito. Mas não só: aprendi, e reforço essa aprendizagem a cada decisão, que cuidar de mim me faz sentir incrivelmente bem e tranquila comigo. E essa tranquilidade está acima de qualquer número na balança. Está na certeza de que faço o melhor por mim todos os dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *