Sabem o que mais tenho ouvido ultimamente? Estás mesmo magra! Música para os meus ouvidos! Plim, plim, plim! Eu gosto desta sensação de ter as clavículas à vista, o que posso eu fazer?! Mas a bem da verdade, eu não estou bem magra. Estou mais leve, é certo, mas eu estou é forte para burro. E tenho sentido isso nos treinos, diariamente. Estou mais rápida, mais resistente, suporto ainda melhor a dor. Por isso, essa ambição que tive toda a vida, desapareceu. Apesar de hoje poder ser considerada como magra, já não é esse o título que eu quero. Eu sou forte, tenho porte, sou tipo uma árvore hirta, que se levar um encontrão se aguenta de pé (acho eu!). E gosto!

(Estou muito feia na foto, mas nota-se que sou badass à brava!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *