Mas é preciso treinar tanto? É outra das perguntas que tenho ouvido. E a resposta é: depende. Depende da tua condição física, depende dos teus objetivos, depende de um sem número de coisas.

Neste momento, o treino é muito mais do que uma imposição para que possa emagrecer. O treino passou a ser uma prioridade, uma vontade, uma necessidade. Eu treino muito e intensamente porque o meu corpo me pede.

E eu não sei explicar bem isto. Mas antes o meu corpo pedia-me doces e eu dava. Hoje pede-me treino e eu dou. Eu sei que parece que estou a gozar, mas é a mais pura das verdades.

Eu sinto uma espécie de formigueiro, uma cena doida. Diria que é hormonal. Também, se não for, as hormonas servem de desculpa para tudo. Eu acho que é! Treinar dá-me uma sensação de (des)conforto muito boa. Mexe comigo!

Treinar faz-me ter a forma física que desejo, é terapia, expulsa-me as raivas, acalma-me este espírito pecaminoso que o Universo me deu. Dá-me força, rapidez, resistência, em tudo o que possam imaginar.

Se é preciso treinar tanto? Cada um sabe de si e Deus Nosso Senhor sabe de todos, ok?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *