Quem é que corta dois dedinhos ao cabelo e continua a ver pontas espigadas em todo o lado? E quem é que deseja ter coragem de quase rapar o cabelo, para que cresça todo de novo, lindo como só ele, voltando ao comprimento desejável em meia dúzia de dias, quem é? Eu! Sempre gostei mais de me ver com o cabelo comprido. Porém, o meu cabelo é fino e espiga com demasiada frequência. Se o estou sempre a cortar, não consigo que ganhe o comprimento que desejo. Se não o corto, anda sempre todo espigado. Enfim, há males maiores, mas isto enerva-me. Então apareceu o corte bordado: uma técnica de corte de cabelo com recurso a uma maquineta muito peculiar, que retira apenas as pontas duplas ao longo dos fios, sem comprometer o seu comprimento. Eu, que não sou de ver e não experimentar, decidi fazer o corte bordado.

O cabelo é lavado e é-lhe feita uma hidratação profunda. Depois de seco, passa-se a tal máquina especial, que retira quase a totalidade das tão inestéticas pontas. Eu fiquei absolutamente maravilhada com o resultado final, confesso. O meu cabelo, para além de ter ficado super brilhante, ficou com um ar muito mais saudável e leve. Agora, onde é que podem fazer este corte mega tendência? Eu digo-vos. A Michele, e todas as simpáticas pessoas que com ela colaboram, terão o maior gosto em revitalizar o vosso cabelo, dando-lhe uma nova vida. Na Michele Encke – Estética e Cabeleireiro, podem também usufruir de outros serviços como depilação a laser diodo ou cera, unhas de gel, gelinho, manicure e pedicure, entre outros. Daqui a uns dois ou três meses, lá estarei a fazer um novo corte bordado. Será também por essa altura que se avaliará se preciso ou não de um pequeno corte com a tesoura, no sentido de dar alguma forma ao cabelo ou fazer algum escadeado. Para já, vou apenas usufruir deste meu novo e reluzente cabelo, um bom pronúncio para 2017.

1 Comment on Corte bordado ou como acabar com as pontas espigadas de vez?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *