image

Antes do verão, a propaganda vendia a ideia de se ficar bem num biquíni. Agora, vende a necessidade de se eliminarem os excessos das férias. Os anúncios aos comprimidos, refeições pré-feitas ou aos líquidos mágicos que prometem fazer emagrecer num ai, são hilariantes. Eu, mesmo quando era gorda, nunca acreditei muito nisto e, para ser sincera, custa-me muito a querer que alguém acredite que, sem esforço nenhum, possa ter o corpo que deseja. Mas bom, dando de barata a hipótese de há quem dê crédito a estes comerciais enganosos, aqui estou eu. Aqui estou eu para dizer que para se perder peso se tem de comer bem e mexer o rabo (e outras partes também). Não há milagres, não há poções mágicas, não há nada para além de comer bem e mexer o corpinho. Digo-vos eu, que já fiz todas as dietas que há na história da humanidade. Depois, perder peso leva tempo, exige dedicação e foco. Não é assim do pé p’ra mão que se perdem 20 quilos. Isso é irreal, é tonto. Porque há o perder peso, que é relativamente fácil. O pior vem depois disso. Mas sobre isso, escreverei outro texto. Só para terminar, como já disse neste texto, gastem o vosso dinheiro noutras coisas que não nestas fraudes do emagrecimento. É porque é o mesmo que pegar numa quantidade de dinheiro e mandá-la pela pia abaixo. A sério que é.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *