Pariste um post!, disse-me o meu amigo David quando olhou para mim no fim do treino de há pouco. É hoje foi duro. Acho mesmo que chorei umas lagriminhas a meio da coisa, tal foi o esforço. Lembro-me de ouvir a voz do meu coach a dizer: vamos, isso são lágrimas de crocodilo. De crocodilo o caraças. São lágrimas de quem está prestes a falecer ou a parir, vá. Eu nunca dei à luz, mas calculo que seja um misto de emoções entre: ai, que o meu bebé vem aí e eu vou conhecê-lo, que alegria e um livrem-me destas dores todas por favor, tipo JÁ! Sim, estou a comparar o meu treino de hoje ao nascimento de uma criança. Estou mesmo. Hoje pari um post: este. Um post que, no futuro, me lembrará que numa segunda-feira cinzenta eu terminei o dia a fazer burpees e a [quase] chorar por isso.

1 Comment on Pariste um post

  1. Aiii como eu te percebo! Hoje cheguei à box e quando vi o Warm Up no quadro quase caí para o lado: 3 rondas com corrida! Eu odeiooooo correr! E hoje fizemos tantos air squats (algumas rondas com pesos) que já sentia os músculos das coxas a arder!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *