Aluna – Joana, gosta de alguém?
Eu – Gosto, mas ele não gosta de mim. O que hei-de fazer? – dei eu numa de desgraçadinha.
Aluna – Cocó.
Eu – Como cocó?
Aluna – Faça cocó em cima dele. Se ele não gosta de si…

Acho que queria dizer: Cague-se d’alto no tipo, ãh? Mas como tem 9 anos, achou que a palavra cocó era mais adequada. Sempre a aprender. Até porque boas estratégias nunca são demais.

1 Comment on Desamor e Cocó

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *