Disse o meu pai, absolutamente surpreendido:
– Ontem estive com uma cliente que lê lá aquela coisa que tu escreves.
– Lê o blogue? – perguntei eu.
– Sim, isso. Quando viu que eu me chamava José Duarte perguntou se eu era alguma coisa à Joana Duarte, a Perna Fina.

Definitivamente, o meu pai não está preparado para ter uma filha que escreve cá nesta coisa e que é reconhecida por isso. AHAHAHAHAH.

4 Comments on O pai da Perna Fina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *