Andamos em época de testes na box. De tempos a tempos testamos alguns movimentos, para aferir se estamos mais rápidos e mais fortes. Eu melhorei em tudo. Estou mais rápida, levanto mais peso e evoluí numa série de progressões, o que significa que estou cada vez mais perto de fazer os exercícios tal como é suposto, sem adaptações. Estou muito contente, sim senhora, qu’isto tem-me saído do pêlo, por isso é bom ver os resultados a aparecer, mas ando toda rebentadinha. O termo não é feliz, mas não há outro que se adeque tão bem ao meu estado. Hoje, então, dei cabo de mim. Quando acabou o tempo do teste eu achei, profundamente, que me ia dar alguma coisa. Mas não deu. [#sambandonacaradasinimigas] Depois de algumas inspirações profundas, dediquei-me a uma série de exercícios para os abdominais, pranchas e quê. Estava que mal respirava, mas o meu pensamento era só um: eu não empenhei as minhas poupanças num biquíni lindo para andar de bóia, não, não. Estou que não posso. #rebenteimetoda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *