image

Os gordos ouvem muitas vezes: fecha a boca! Queres ser magro? Fecha a boca. Mas a coisa não é assim tão simples. Perder peso é muito, mas muito mais que fechar a boca. Porque o que as pessoas acham é que para se perder peso se tem de parar de comer. Eu também achei isso durante imenso tempo. Aliás, as dietas que fiz incentivaram-me todas a isso. Porém, através do caminho que tenho feito, hoje sei que é precisamente a atitude contrária que nos faz emagrecer. Para perder peso temos de comer, consideravelmente até. Temos de estabelecer um plano alimentar equilibrado, que nos sacie e nos alimente, algo que nos imaginemos a cumprir para o resto da vida e não durante um curto período de tempo. Isso e trabalhar a relação que mantemos com a comida. Comer é muitas vezes emocional. É alegria, é festejo, mas é também dor e frustração. Para mim foi, muitas vezes. Olhar para a comida como fonte de prazer e compensação pode ser perigoso, pode criar dependência. Mudar a cabeça torna-se, por isso, fundamental. Por que é que estou a comer? Porque estou triste? Porque o dia foi uma merda? Estou a comer esta caixa de gelado inteira por que razão? Tenho fome? Ou apetece-me engolir isto tudo irracionalmente? Eu continuo a colocar estas perguntas a mim mesma, sempre que tenho um apetite fora do normal. Sempre que sinto que volto aos comportamentos que tinha há anos atrás. Eu continuo a mudar a minha cabeça e gostava muito de incentivar outros a fazer o mesmo, porque sinto, e creio profundamente, que essa é a única forma de perder peso de forma consistente e irreversível.

7 Comments on Muda a cabeça!

  1. A mim tem ajudado ler o teu blog. Tens sido uma inspiração 🙂 Mas é preciso muita concentração para conseguir parar, pensar e controlar os impulsos a tempo. Trabalho diário.

  2. Eu só queria mudar a cabeça, sinto-me sempre uma porcaria, pois não consigo seguir a dieta.. E penso não prestas para nada nem uma merda de uma dieta consegues fazer……bahhhhhhh. Se souber quem m faça um reset ao cérebro, por favor diga-me… Obrigada pelo q escreve, parece q estou a ler o meu dia a dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *