O deslumbramento pode ser perigoso. É muito fácil nos tornarmos pessoas convencidas, de nariz empinado, a achar que temos um rei a viver na nossa barriga. É fácil. Ultimamente, tenho pensado sobre isto. Porque mudei muito. Porque agora gosto muito do que vejo ao espelho. Porque passei, e continuo a passar, por uma transformação que me tem feito sentir muito bem comigo.

A linha é muito ténue: passar de alguém infeliz com a sua imagem, para alguém que se acha um máximo. É mesmo aliciante. Eu não quero isso para mim. Sempre regi a minha vida por alguns valores dos quais não pretendo abdicar: cumprimentar a senhora da caixa do supermercado, pedir desculpa quando piso o chão que alguém está a limpar, agradecer ao empregado que levanta o meu prato.

Creio que as pessoas cheias de si não fazem isso. E atenção: isto não tem nada a ver com o peso. Está, apenas, relacionado com o facto de algumas pessoas se acharem superiores a outras por alguma razão e, por isso, as poderem destratar de alguma forma. O que eu não quero, nunca, é achar-me a maior, seja no que for, ao ponto de perder a minha essência. Isso é que não.

Eu tenho nas mãos a oportunidade perfeita para isso: tenho recebido tantos elogios, todos os dias. Receber comentários positivos é mesmo bom, mas esses comentários não podem, jamais, fazer-nos achar que essa nossa condição nos torna mais que o outro. Nunca, em situação nenhuma.

2 Comments on O perigo dos elogios

  1. Eu acho que não nos podemos deslumbrar nunca pela vida … Tenho seguido o teu blogue … Desde 2010 que o meu mundo mudou e se resume a dieta com altos e baixos e agora consegui estabilizar durante mais tempo o meu peso . Mas sei o que é o oito e o oitenta ! Tenho isso presente ! Bati com a cabeça na primeira grande dieta que fiz em 2010 não quero agora bater novamente e por isso ando com bastante cuidado! Todos temos medos e inseguranças ! Todas temos medo de voltar ao que éramos mas eu acho que é esse medo que nos move a sermos mais fortes e controladas !! E ter a nossa personalidade !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *