Aluno – Joana, dê-me lá uma ideia para um texto. Já esgotei todas.
Eu – (Ele odeia romances e namoros e cenas.) Escreve sobre um miúdo que está perdidamente apaixonado por uma miúda e tudo o que faz para a conquistar. Ãh?
Aluno – Podem ser dois porcos apaixonados em vez de pessoas? A Joana sabe que só gosto de escrever sobre animais.
Eu – Não, escreve lá uma história de amor entre dois humanos.
Outro aluno – Até porque os animais não se apaixonam, só se reproduzem. Tipo os porcos: olham para uma porca e pronto, acasalam. E as porcas estão sempre prontas para acasalar. Não se conquistam percebes?
Aluno – Joana, então vou só escrever sobre porcos. São bem mais fáceis que os humanos: não se apaixonam, reproduzem-se e já está.

Achei que não era a altura certa para lhe explicar que há humanos que parecem porcos. Só me ri por dentro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *