Este foi o melhor ano da minha vida. Por muitas razões diferentes, mas, sobretudo, por me ter tornado uma pessoa diferente. Melhor, julgo eu. Conheci tanta gente, saí e dancei tanto, trabalhei mais ainda. Treinei com muito afinco, o ano inteiro, comi com juízo a maior parte do tempo. Passei o verão na Tailândia e no Cambodja. [Foi tão bom.] Senti-me mais realizada que nunca, como pessoa e como mulher, e acho que deixei transparecer isso. Foi um ano de muitas conquistas e de consolidação de alguns aspetos fundamentais na minha vida. Só não aprendi a dançar kizomba, como desejei no final do ano passado, mas não me consigo sentir triste por isso. Se 2016 for igual, vai ser bem bom. Se for melhor, ah, ninguém tenha pena de mim.

2 Comments on 2015, breve balanço

  1. JOANA adoro o teu blog a tua escrita inspira qualquer um 😉 continua a escrever por vezes riu me sosinha com as descrições que fazes de tão sinceras todos nos enquadramos no que lê-mos 😉 Bom Ano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *