O meu irmão sempre foi magro e eu sempre fui gorda. Esta frase podia resumir a nossa convivência durante grande parte da nossa vida. Passei anos a ouvir: O João pode…! O João podia comer bolachas, pizas, massas e tudo o que lhe apetecesse. E eu via-os passar, já muito consciente do meu estado avançado de deterioração, muito infeliz a comer o peixe cozido com brócolos.

Nos últimos anos esta situação inverteu-se, diria eu, significativamente. Não da minha parte, que continuei gorda até há bem pouco tempo, mas da parte dele. Tanto pôde, tanto, pôde, que deixou de poder. Sem dar por isso começou a acumular uma certa gordura abdominal, muito semelhante à do nosso pai. Ele não queria admitir e perguntava constantemente: Já estou mais magro, não estou?, sem fazer nada por isso, o que tinha uma certa graça.

Eu, recorrendo aos meus conhecimentos de Perna Fina, tentava aconselhá-lo como podia, mas ele nunca me dava atenção: Tu foste sempre obesa e agora estás p’rái a falar. (Sempre gostei que as pessoas soubessem conjugar os verbos no tempo correto.) Depois de tanta insistência, o João decidiu inscrever-se num ginásio. E foi todos os dias, combinou com os amigos e andou todo partido. Isto foi há 3 meses. Porque, adivinhe-se, este mês já não pagou a mensalidade, alegando uma série de tretas só para não se voltar a mexer.

Quando olho para ele só me apetece dizer: Quem é que é o gordo agora, ãh, ãh? Mas não digo. Vá, às vezes digo, que também não tem mal nenhum. Esperei anos para poder fazê-lo. Mas na verdade, verdadinha, eu gostava, do fundo do coração, que ele voltasse ao ginásio, na loucura, que entrasse para o CrossFit, e que pudéssemos estar os dois do lado fit e saudável da vida, felizes e contentes, aos saltinhos e de mão dada, como bons irmãos. LOL! Não me parece que isso vá acontecer.

fotografia

(Ricos paizinhos, que fizeram dois filhinhos tão perfeitinhos!)

4 Comments on Os 3 meses de ginásio do meu irmão

  1. E eu que tanto gostava de saber quando ele ia para o ginásio… E quando saía de lá, ligava-me a dizer “estou cansado” ou “estou todo roto” :’)
    Foi através do teu blog e instagram e da motivação do teu irmão que o ginásio já me é quase uma segunda casa (comecei à muito pouco tempo, tenhamos calma).
    Obrigada aos irmãos Perna Fina 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *