fotografia (4)

Eu sou muito feliz a escrever para o blogue. Gosto muito dele, muito a sério. Gosto particularmente do nome, porque o acho muito feliz, porque tem a ver com a história da minha família e porque simboliza o meu mau feitio e tudo o que sempre desejei: umas pernas, mais ou menos finas, que não envergonhassem ninguém. Quando eu digo que nunca usei calções, à exceção dos tempos de criança, eu falo mesmo a sério. Eu nunca, mas nunca usei as pernas completamente de fora. Tentei uma ou duas vezes e jurei para nunca mais. Por isso, os meus verões foram sempre uns infernos de calor, tapada até às orelhas. Ora, por apanhar pouco sol nas pernas, elas foram sempre muito brancas, o que me dava ainda menos vontade de as mostrar, fosse onde fosse. Hoje é tudo muito diferente, mesmo. Eu sinto-me lindamente com calções, as minhas pernas andam ao ar, felizes da vida, e até já têm cor. E se me pedissem para convencer alguém a perder de peso, eu falaria da minha tarde de hoje. Um jardim, um sol maravilhoso, um gelado do Santini, uns calções de ganga, umas pernas bronzeadas de fora e mais uma quantidade de coisas boas, que não valem a pena enumerar. Pelo menos para já.

1 Comment on Pernas Finas e Coisas Boas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *