Os meus alunos vivem permanentemente angustiados com o facto de eu não ter marido. Não é um namorado, porque segundo eles eu já estou velha para isso, é um marido, mesmo. Os meus alunos, com quem eu mantenho uma relação de muita cumplicidade, adoram que lhes conte como correm os treinos de CrossFit: quanto peso já consigo levantar, quantos metros corro e por aí fora.

Ora, hoje, na praia, três dos meus alunos, todos rapazes, vieram sentar-se na minha toalha com o seguinte discurso:
– Joana, estivemos a pensar e já sabemos onde é que a Joana vai encontrar um marido.
– Onde?
– No CrossFit. Lá não há montes de homens musculados? A Joana gosta de homens musculados ou não?
– Há alguns, sim…
– Pronto, então nós já sabemos como vai conquistar um marido. Há lá cacifos?
– Não…
– Então temos de pensar noutra solução! Nós tínhamos pensado assim: a Joana escrevia um bilhete a dizer: Olá, sou a tua admiradora secreta e acho-te muito giro e punha dentro do cacifo dele.
– E depois?
– E depois ficava escondida num sítio para o ver tirar o bilhete do cacifo e se ele se risse a Joana dizia quem era.
– E se ele não gostasse de saber que era eu?
– Ia gostar, porque a Joana é mesmo maravilhosa, mas se não há cacifos, vamos pensar noutra solução.

Os meus alunos têm 8 anos e o próximo ano será o último em que estaremos juntos. Acho que me querem deixar orientada antes do fim do ciclo. Meus ricos filhos! Amanhã vão trazer outra estratégia de conquista. Vai que é eficaz?

2 Comments on Preocupações

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *