Pois que, de repente, há toda uma preocupação com a minha magreza. “Ai, que a miúda sempre foi gorda, agora está magra, ainda apanha alguma maleita desgraçada e vai desta para melhor.” A mais preocupada é a senhora minha mãe. Filha, não achas que já chega? Não te fará mal tanta ginástica? Só comes isto? Não é pouco? (E a melhor de todas) Por favor, não fiques esquelética! Acho que há uma hipótese muito, muito remota de eu ficar esquelética. Em primeiro lugar, eu como. Como bastante bem. Como pão, como chicha, como peixinho, como fruta fresca, frutos secos, eu como. Depois, não há na história do CrossFit mulheres demasiado magras. Até porque é precisa alguma estrutura física para levantar as barras, para fazer os burpees, and so on, and so on. Por último, eu não quero ser esquelética. E quando digo que me faltam 3 quilos para parar, digo-o porque a minha médica me diz que esse será o peso ideal para mim, para o meu corpo. Não é só porque me apetece ter 55 quilos. Não é pelo número! (Leram o texto anterior?) Posto isto, está tudo bem comigo, ok? No fundo, estou só a condizer com o nome do meu blogue e a esforçar-me verdadeiramente por me sentir como sempre quis: saudável, atlética e profundamente capaz de tudo o que eu quiser.

4 Comments on Por favor, não fiques esquelética!

  1. Ola Joana. Descobri hoje o teu bolg e estou a adorar. Estou a comentar este post,porque à 7 anos fiz uma grande dieta e emagreci 20kg,e o que eu mais ouvia era: ai credo,estás tão magra,até te fica mal,estás doente? olha que já chega…
    Foda-**!!!
    Tenho a dizer que voltei a engordar os 20kg e mais 10…. 🙁 Comecei à 1 mês a mesma dieta que fiz na altura,aconselhada por uma nutricionista,já emagreci 2kg. huuuuuu!! 😉 Beijinhos e continua assim

  2. HAHAHAHAHA…estou a ler este blog de uma assentada só. Adoro! E identifico-me taaanto com este post que chega a ser assustador…e reconfortante ao mesmo tempo. Não me sinto só no mundo, afinal não é só a mim que me dizem (perdi até agora 20 kg ainda me faltam 5) e depois de passar anos a ouvir aquelas boquinhas que toda a gente acha q é para o nosso bem (‘Tás gordinha’ ‘Vais comer isso tudo?’ ‘a Gena deve querer comer mais para manter aquela barriga’ etc etc) agora o que mais oiço é ‘Já estás magra demais’, ‘Tás a ficar feia de magra’. Bem, confesso que isso me deitava abaixo no inicio, mas como me sinto cada vez melhor, foi perdendo a importância.

    Mas obrigada,

    já não me sinto tão só nesta luta 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *