trocate

Há coisas que nos lembramos de comer desde sempre e sem as quais não nos imaginamos a viver. No cinema, por exemplo, para além de beijos apaixonados, nunca podem faltar as pipocas. Doces ou salgadas, adoro ambas. Às vezes, o filme ainda não começou e eu já devorei meio pacote. Uma vez passei uma noite inteira a vomitar por causa de tanta gula. Quando isso aconteceu, jurei que nunca mais comia pipocas, mas está bem, está. No cinema eu tenho de trincar qualquer coisa estaladiça, dê lá por onde der. Ultimamente, tenho levado pacotinhos de fruta desidratada e a coisa não tem corrido mal. Hoje em dia é bastante fácil de encontrar fruta seca: maçã, pêra, pêssego, ananás… Eu gosto muito da maçã, confesso. A grande diferença é que um pacote pequeno de pipocas chega a ter perto de 1000 calorias e um pacotinho (de mais ou menos 20 gramas) de fruta desidratada não ultrapassa as 50 a 70 calorias. Ok, não é mesma coisa, mas é tudo uma questão de hábito. Eu vou começar a comprar os bilhetes para o cinema com uma mola no nariz, bem agarradinha ao pacote de fruta. Quem está comigo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *