A propósito de um trabalho sobre as horas, que hoje fiz com os meus alunos, dei por mim a pensar no caos que é o meu dia. Ou melhor, pensei em como faço uma quantidade enorme de coisas e o meu corpo, e a minha alma, não me deixam ficar mal. Vantagens duma Perna Fina.

6:10 – Abro os olhos pela primeira vez. Tenho a esperança que seja domingo e eu tenha posto mal o alarme.
7:15 – Pequeno-almoço. A melhor refeição do dia: pão sem glúten, queijo de barrar, fiambre, leite (sem lactose) e café.
7:40 – Chegada ao colégio. Meia zombie, é certo, mas a tempo de ter tudo pronto à chegada dos 23 pequenos seres mais importantes da minha vida.
8:30 – Início do trabalho com os miúdos. Vêm do fim de semana cheios de novidades. As segundas-feiras começam sempre com barulho.
10:30 – Primeiro lanche do dia. Uma lata de atum por dia, não sabe o músculo que lhe fazia.
11:00 – Correção dos trabalhos de casa. São duas horinhas à Benfica.
13:00 – Almoço do bem. Caril de camarão, bem picante.
14:00 – Regresso ao trabalho com os miúdos. Tempo de estabelecer novos objetivos para cada um.
15:15 – Vómito em jato. Uma aluna, ‘tadinha, vomita imenso e eu quase vomito por cima dela. Mesas, cadeiras, cadernos. Vómito everywhere.
16:00 – Segundo lanche do dia. Ainda com o estômago às voltas, engoli rapidamente dois quivis.
16:30 – Reunião de professores. Nós, os professores, falamos muuuito.
19:00 – Mais trabalho com alunos. Quem corre por gosto…
20:15 – Terceiro lanche do dia. Rodelas de batata doce cozida com canela. A minha doutora desafiou-me a comer batata doce antes do treino, com a promessa de um melhor desempenho. A minha doutora nunca me falha.
20:30 – CrossFit. Wallballs. Deadlifts. E mais uma carradona de coisas. Maravilha.
21:30 – Última refeição do dia. Batido de proteína logo no final do treino. A “janela da oportunidade” para queimar gordura e ganhar músculo.
22:00 – Chegada a casa. Xixi. Banho. Cama.

Amanhã há mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *