É com grande pesar que admito que falhei na promessa dos 15 dias sem açúcar. Mas a culpa não foi minha, não, a culpa foi do bolo de aniversário duma aluna minha. Vou contar-vos como tudo aconteceu para perceberem como fui levada a quebrar a promessa, fui quase obrigada a fazê-lo.

Às 8:30 da manhã, como todos os dias, fui buscar os meus alunos para começarmos a trabalhar. Quando reparei, uma das minhas alunas envergava uma grande caixa branca, como se de uma armadilha se tratasse. Lá dentro vinha o seu bolo de aniversário.

Eu comecei logo a pensar na promessa e a dizer para mim mesma: não vais comer, não vais comer, não vais comer. Chegou a hora de cantar os parabéns, eu abri a caixa do bolo e, aos meus olhos, apareceu um nove gigante, de chocolate brilhante, com muitas bolinhas coloridas.

Eu, qual Eva prestes a provar o fruto proibido e a ser expulsa do paraíso, toquei com a ponta do dedo na cobertura do bolo. E foi o fim do mundo em cuecas. A cobertura era tão, mas tão boa, que todas as minhas hormonas saíram do sítio.

Distribuí o bolo pelos alunos e, já com a sala vazia, olhei para um pequeno, mesmo pequeno, pedaço de bolo e, zumba, engoli-o duma vez. Ai, soube-me tão, mas tão bem. Lembrei-me imediatamente da minha promessa e pensei: já foste.

A promessa continua de pé. Já me certifiquei que não há nenhum aluno a fazer anos nos próximos dias. Haja Deus. Haja CrossFit. Haja tempo para correr. Haja sentido de humor, que um cubinho de bolo vale o que vale. Um cubinho de bolo. Ou dois, vá.

2 Comments on Queridos Pernas Finas

  1. Muito fraquinha… já resisti a 3 bolos de aniversário… um deles era de chocolate bem molhado com cobertura de smarties e maltesers vê lá tu…

    Vá lá Joana, não vacila, não desiste!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *