Eu sei que hoje não é o último dia do ano, mas, pelo sim pelo não, eu vou já desejando com força e convicção. Para 2015 só desejo ter a consciência e a serenidade suficientes para fazer boas escolhas. Na alimentação. No exercício. No trabalho. No amor. Nas compras. Nas férias. Boas escolhas no geral, pronto. Ah, e quero aprender a dançar Kizomba, que aquelas músicas provocam-me calafrios e eu gosto disso.

happy_new_year_2015_hq

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *