perna fina

Os últimos dias foram particularmente difíceis. Ainda não me senti completamente bem. Não consegui voltar ao CrossFit. Senti-me exausta. Depois, recebi esta fotografia no email, olhei para mim e vi-me cheia de luz. Esta vida que é a minha, que às vezes considero madrasta, tem-me feito lindamente. E, apesar de todas as merdas que me aconteceram este ano, talvez estes tenham sido os melhores 365 dias da minha vida.

(Obrigada, querida Isabel Saldanha. Não tenho palavras.)

2 Comments on Luz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *