(Sem nenhuma ordem hierárquica.)

1. Há mais opções na hora de comprar roupa.
É todo um mundo novo: blusas justas, vestidos esvoaçantes, calças coladas ao corpo. Haja dinheiro para comprarmos tudo o que queremos.

2. O bem-estar melhora significativamente.
Quando perdemos peso sentimo-nos logo melhor. Parece que a respiração flui de forma mais natural e que o coração acerta o passo.

3. Somos mais ativos, mais dinâmicos.
Os dias começam às 6:00, terminam depois das 22:00 e o corpo acompanha o ritmo.

4. Aprendemos a ter uma relação menos obsessiva com a comida.
Podemos, perfeitamente, ter um prato de batatas fritas à nossa frente. Vamos comer algumas, conscientemente, tendo a certeza que a refeição seguinte será mais leve e o exercício do dia mais intenso.

5. O corpo rejeita, sozinho, comidas menos próprias.
O corpo habitua-se a comer bem. Quando mudamos a nossa alimentação e, sabe-se lá porquê, saímos do plano, o nosso corpo reage automaticamente. No meu caso, a barriga incha e a azia aparece.

6. Andamos mais felizes e de bem com a vida.
Tudo corre melhor ou tudo parece correr melhor. Estamos felizes com o que vamos conquistando e as coisas que antes nos irritavam passam a ser um mal menor.

7. Temos orgulho no nosso corpo e sentimo-nos mais confiantes com a nossa imagem.
Digam o que quiserem. A verdade, é que nos passamos a sentir cada vez melhor na nossa pele.

8. Partimos para atividades físicas sem medo de sermos ridículos.
É para correr? É para saltar? É para bater com o lombo no chão? ‘bora lá!

9. O humor é mais constante.
Quando evitamos alimentos muito açucarados, o nosso humor estabiliza. O açúcar, e o vício que provoca no nosso corpo, faz-nos ter picos de euforia ou de (quase) depressão. O açúcar devia ser ilícito.

10. Os outros vêem-nos como um exemplo e pedem-nos conselhos.
“Achas que posso comer isto?”; “O que é que comes antes do crossfit?”; “Essa tua ginástica faz mesmo efeito?” Quando os outros nos dão crédito, é porque a mudança está mesmo a ter efeito.

3 Comments on 10 boas razões para se ser um/uma Perna Fina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *