Eu tenho mau feitio. Um feitio tão mau, que me faz bufar e revirar os olhos quando alguém ou alguma situação me incomoda. Não acho que este feitio me torne insuportável, não acho, mas, ultimamente, até eu começo a embirrar comigo.

Hoje, como há muito tempo não acontecia, senti vontade de comer por me sentir chateada. Antigamente isto acontecia-me (quase) diariamente. Cheguei a casa e enfiei p’lo bucho abaixo uma porção de iogurte grego com canela, que faz parte do meu plano. Dentro do possível, senti-me melhor.

Minutos depois, a minha vizinha do lado veio gentilmente até minha casa e ofereceu-me umas queijadas do Alentejo. As tipas pareciam brilhar e pumba: num abrir e fechar de olhos devorei uma queijada (doutora, desculpe). E o feitio?

Ficou pior ainda. Porque para além das coisinhas que me incomodam persistirem na minha vida, comi uma queijada a uma hora destas, que não me mata, mas também não me ajuda nada a atingir o meu objetivo. (Pudesse eu escrever aqui umas quantas asneiras…!)

Coisinhas más da minha vida, se me estão a ler, vão à vossa vida, por favor, e deixem-me em paz. Estou absolutamente farta. Farta e com uma queijada comida, sem necessidade nenhuma. Perna Fina, inspira, expira, inspira, expira… Acho que vou dormir.

2 Comments on Mau feitio e uma queijada

  1. Li pela primeira vez os seus posts hoje, adorei. Ja li vários meses e acho a super divertida. Incrível mesmo. Todos temos dias menos bons. Eu decidi este ano mudar a minha vida. E tem sido cá um percurso… Mas comecei mesmo no final de março, mudança radical na alimentação e treino. Primeiro com caminhadas, faço Zumba em casa. Bicicleta e alguns exercícios escolhidos por mim. Estou a gostar imenso. O meu corpo mudou tanto. Incrível, voltei a entrar em roupa k tinha guardada há anos. Até comecei a tirar fotos. Muito obrigado. Vou continuar a ler. Beijinhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *