Se aos 17 anos me dissessem que ia correr 4 km num paredão, com uns calções curtos e uma t-shirt de alças, eu diria: ESTÁ TUDO LOUCO? A verdade, é que estou cada vez mais perto dos 30 anos e sinto-me milhões de vezes melhor do que me sentia aos 20. Há quem diga que a idade nos trás segurança(s) e eu começo a sentir essa(s) mudança(s) em mim. Estou cada vez menos complexada (apesar de continuar a ter bastante noção do ridículo) e cada vez mais orgulhosa do meu corpo e da minha imagem.

1 Comment on As seguranças dos 27 (quase 30)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *