Hoje choveu sem parar durante toda a corrida e aos primeiros 5 minutos eu já estava completamente encharcada. As pessoas por quem passava na rua, que “corriam” para fugir à chuva, olhavam-me, mostrando dois julgamentos diferentes: 1.º “Olha-me esta maluca, toda encharcada, a correr à chuva. Não deve jogar com o baralho todo!” e 2.º “Wow, esta tipa deve ser uma corredora à séria. Nem o mau tempo a impede de treinar!”

Quero acreditar que houve mais olhares do 2.º tipo. Pessoalmente, foi uma enorme conquista! Há anos que arranjo desculpas para não me mexer: Está frio; Está a chover; Está imenso calor; O dia foi duro; Estou cansada.

E hoje, podia ter arranjado mil e uma desculpas: o treino à chuva ia ser difícil, eu sentia-me cansada do dia de trabalho… Em vez disso, escolhi pôr pernas a caminho e, apesar da molha, senti-me lindamente. Não posso negar que houve momentos em que desejei ardentemente que aquilo chegasse ao fim. E chegou, quando teve de chegar, no final do treino e com o dever cumprido.

Ah, hoje foi o segundo dia consecutivo que corri 3/4 da subida. Falta-me pouquíssimo para a conseguir correr completamente. Vale tanto a pena. Vale sempre a pena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *