Blogues há muitos, seu palerma, e há para todos os gostos e interesses: blogues sobre culinária, sobre relacionamentos, astrologia, nailart, decoração, literatura… Para homens (gosto particularmente do blogue do Pedro Teixeira. Que bom rapaz!) e para mulheres! Há também os blogues que se dedicam às modas: o que vestir? De que cor pintar as unhas? O que comer ao pequeno-almoço? Blogues, blogues, blogues! Costumo ler alguns.

Por defeito profissional, gosto de blogues bem escritos, com uma linguagem clara, inteligente, daquela que roça a corrosão da alma e nos diverte ao mesmo tempo. Dou importância à forma como as frases estão escritas e se são ou não capazes de me prender ao monitor. Os temas interessam-me mais ou menos, mas a linguagem, a capacidade de comunicar (seja sobre o que for), isso sim me entusiasma.

Quando me surgiu a ideia de criar o blogue da Perna Fina pensei nisso mesmo: tenho de ser capaz de prender os leitores. Tenho de apresentar uma escrita fluída, descomprometida, mas séria e cuidada. Tenho de ter graça e ser autêntica. Pensei também, claro, no conteúdo.

No Perna Fina vou escrever sobre as minhas escolhas diárias. E o que é que isso tem de interessante? A AUTENTICIDADE! A autenticidade com que todos os dias prometo, por exemplo, que não vou comer a fatia de bolo de aniversário de um dos alunos ou que vou assumidamente deixar de lamentar a minha coxa grossa e começar a exercitá-la à séria.

Será um blogue de comprometimento comigo mesma, acerca das peripécias diárias por que passo, sempre com o intuito de saber cuidar melhor de mim e dos seres que amo. Será um blogue sobre bem-estar, com espaço para dicas de alimentação, exercício físico, algumas receitas e tudo o resto que me parecer oportuno.

Este blogue é para todas as pessoas que, tal como eu, a certa altura da vida desejam mudar algo em si e, por uma ou outra razão, não têm conseguido essa mudança. É um blogue de sentimentos reais, com pouca edição, para pessoas reais que querem mudar ou melhorar e não sabem como (como eu também ainda não sei).

Este não é, por isso, mais um blogue de moda, mas também não deixa de o ser. Afinal, está na moda quem se sente bem consigo, com as suas escolhas e com os outros.

3 Comments on (Mais) Um blogue de moda?

  1. Adoro adoro adoro! Todos os dias papo blogs e este vai entrar na lista, sem dúvida. Só tenho pena que não tenha aqui uma parte para realmente seguir e ser avisada de novos posts! Estou desejosa por ler mais e tê-lo como leitura semanal ou diária Já agora, parabéns pelo design! Simples, polido e intuitivo. De todos os que já vi, este é dos meus favoritos. Farei questão de, brevemente, falar deste blog a quem ainda não o conheça.

    Até já!

    -AM http://makingupcolours.blogspot.ptpt

  2. Sempre que descubro um blog o trajecto é o mesmo: a página inicial, com os últimos posts, uma olhadela pelas categorias e arquivos e, quando são candidatos a entrar para a lista de leitura, o início do blog, acompanhado da apresentação e história do autor.
    E cá estou eu, no início dos inícios, depois de já ter carregado no botão “adicionar à lista de leitura”.
    Também valorizo as características que referiste, relativas à forma de comunicar e personalidade do autor. Tento implementar isso no meu blog, da melhor forma que encontro. Afinal, páginas da wikipedia há muitas 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *